Justiça Eleitoral julga improcedente ação contra Bucho

Jornal Mais de Igaraçu, que também estava na ação, foi absolvido do processo

Por Sandro Alponte 11/07/2017 - 09:01 hs
Foto: S2 Notícias/Arquivo
Justiça Eleitoral julga improcedente ação contra Bucho
Bucho teve processo eleitoral extinto pelo juiz da Comarca de Barra Bonita

O juiz eleitoral da Comarca de Barra Bonita, Eduardo Giorgetti Peres, julgou improcedente a ação movida pelo ex-candidato a prefeito de Igaraçu do Tietê, Ricardo Verpa, contra o atual prefeito da cidade, Carlos Alberto Varasquim, o Bucho. A ação foi julgada na semana passada. Também fazia parte da ação o jornal semanário da vizinha cidade, Jornal Mais.

Verpa, segundo lugar nas eleições de 2016, acusava Bucho por abuso de poder político e econômico e que ele incorria em prática de gastos indevidos com publicidade em ano eleitoral. O Ministério Público ao analisar os fatos apresentou parecer improcedente à ação por não haver conduta que afete o equilíbrio do pleito eleitoral.

O juiz eleitoral fundamentou em sua decisão: “... pondero, em conjunto com o parecer do Ministério Público, que o representado ocupava a função de prefeito municipal da Estância Turística de Igaraçu do Tietê, sendo reeleito para o mandato subsequente. Logo, de fato, natural que estivesse presente nos eventos sociais e esportivos e que fosse objeto de diversas reportagens veiculadas nos periódicos que circulam no município...”.