O consumo de gordura faz bem à saúde

Apesar da má fama nas dietas, o consumo moderado de alimentos com gorduras pode reduzir em até 23% o risco de morte por doenças cardiovasculares.

Por Thais Cavalcante 31/08/2017 - 16:12 hs
Foto: Topsante/Reprodução

Para quem gosta de alimentos com gorduras e tem medo de comer por causa da dieta, aqui vai uma boa notícia: consumir diariamente 35% de calorias garante uma vida mais longa.

De acordo com um estudo divulgado pelo The Lancet, o consumo além dos 30% permitidos de gorduras (principalmente a gordura saturada) pode reduzir o risco de morte por doenças cardiovasculares como pressão alta e parada cardíaca, em até 23%.

Os pesquisadores das universidades canadenses McMaster e Hamilton Health Sciences estudaram a dieta de 135.000 pessoas nos cinco continentes. A alimentação dos participantes consistia em 23% de gordura, 61% de carboidratos e 15% de proteína.

Os dados não mentem: a dieta que inclui até 35% da ingestão de gorduras totais como saturada, poli-insaturada e monoinsaturada, reduz o risco de morte precoce. O alto consumo de gordura saturada (a mais temida de todas), despencou esse risco para 13%.

Porém, evite exageros. Na pesquisa, quem ingere carboidratos além do permitido (como pães e arroz), possui um aumento de 30% no risco de morte, diferente das pessoas em dieta low carb (menor quantidade de carboidratos no menu).

De acordo com os cientistas, o problema da ingestão exagerada de carboidratos se dá pelo fácil armazenamento de glicose no corpo e consequentemente no sangue, dando abertura para o desenvolvimento de doenças graves como obesidade e diabetes.

Por isso, não passe vontade: se consumir dentro do permitido, coma tranquilamente e sem culpa! Você estará, na verdade, fazendo um bem à sua saúde.

Anna Laura Moura/claudia.abril.com.br