Oposição conta votos para tentar ‘ganhar’ a Câmara

Indefinições entre os situacionistas do Poder Legislativo animam quem quer mudança

Por Príncipe Nicolau 15/11/2017 - 10:58 hs

* Príncipe Nicolau

Vem aí a eleição

A Câmara de Vereadores de Barra Bonita deve realizar até a última sessão do ano, 11 de dezembro, a eleição da nova mesa diretora para o ano de 2018. E não é que o que parecia tudo tranquilo, começou a borbulhar.

Base do prefeito

É que ao que tudo indicava, o bloco de vereadores da base do governo Zequinha Rici, que são oito, e com isso maioria para eleger a mesa, parece não estar assim, como podemos dizer, tão firme quanto parecia.

Sem líder

Sem alguém para comandar e costurar toda essa colcha de retalhos que é a Câmara de Vereadores, afinal são 13 cabeças que pensam, pelo menos deveria ser assim, diferente, a reeleição do atual presidente Niles Zambelo Jr., que é o que agrada a maior parte do time, parece estremecer.

Dividir o bolo

É que dentro do próprio time há o discurso de que Niles já foi presidente em 2016, agora é em 2017 e estaria indo para o terceiro ano seguido como líder do Poder Legislativo. Ou seja, três anos da mesma gestão. Como se trata de um time com oito vereadores, a conversa velada de alguns é de que seria bom para todos outro nome comandar a Câmara.

Mais nomes

Entre o grupo dos oito aparecem os nomes de Lucas Antunes, atual vice-presidente, que ainda trabalha para tentar se viabilizar, Lelo Lodi, que desde o início do ano costura o apoio ao seu nome, e mais recentemente do jornalista Sandro Alponte.

Cenário futuro

Na cabeça de alguns vereadores a reeleição de Niles inviabilizaria a troca de nomes na mesa, principalmente na presidência, afinal, todos apostam que além de 2018 o atual presidente também quer estar na cadeira principal do Poder Legislativo em 2020, último ano desta legislatura.

Sonhando

Diante de todo esse cenário, quem se anima é a oposição, que conta votos para tentar sonhar em conseguir fazer a mesa da Câmara. A estratégia é tentar convencer os descontentes em apoiar o nome de alguém de lá ou até mesmo apoiar quem está aqui, mas não anda contente com tudo o que tem acontecido.