Polícia trata como morte suspeita o caso de Gilvania

Polícia trata como morte suspeita o caso de Gilvania

A mulher foi encontrada com ferimentos pela mãe e namorado no sábado (9)

Por Carla Parezan 12/06/2018 - 09:03 hs
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil de Barra Bonita divulgou as primeiras informações sobre a morta de Gilvania Oliveira Santana de 35 anos.  A mulher foi encontrada nua e com lesões pelo corpo pela mãe e o namorado ferida no sábado (9) por volta das 20h. Em decorrência da gravidade dos ferimentos Gilvania faleceu na manhã desse domingo (10).

No Boletim da Ocorrência a morte da mulher foi registrada como "morte suspeita". A Polícia Civil informou que está aguardando o laudo da causa da morte da mulher. Na casa, em que ela foi encontrada, não havia sinais de arrombamento, nem de luta. Do local não foi levado nada.

A Polícia não descarta nenhuma hipótese, por isso o Instituto Médico Legal (IML) realizou exames e os resultados apontarão se é morte natural causada por algum problema médico que ela apresentava ou senão eventual homicídio ou lesão corporal seguida de morte.