Saiba por que é importante visitar um dentista

25 de outubro é dia nacional da saúde bucal; data serve como alerta sobre a importância da prevenção

Por Cristiane Gomes 24/10/2018 - 14:02 hs
Foto: Cristiane Gomes
Saiba por que é importante visitar um dentista
O dentista Ivan Bressanim afirma ser muito importante a saúde bucal

Se você vai ao dentista apenas preocupado com a estética de seu sorriso, cuidado. A importância da saúde bucal vai muito mais além do que apenas dentes bonitos. A boca desempenha importantes funções que influenciam diretamente a saúde do organismo como um todo.

Além de exercer papel fundamental na fala, mastigação e respiração, a boca é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente, sendo assim a porta de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde.

Uma boa higiene diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais e dentários. É importante ressaltar que doenças da boca têm relação direta com o fumo, o consumo de álcool e a má alimentação.

Há mais de 20 anos o dentista Ivan Bressanim atua em diversas áreas especializadas para a saúde bucal e fala que há diferença na odontologia de hoje com a de quando começou a exercer a profissão. "A qualidade dos materiais de hoje, a qualificação dos profissionais, o acesso a internet para conscientização, ajudam as pessoas a se cuidarem mais”, compara. “Antigamente era mais difícil acesso ao dentista, até mesmo escova de dente e fio dental era mais complicado. Com o passar dos anos muitas coisas aconteceram para melhor e hoje a odontologia brasileira é considerada uma das melhores do mundo".

 

DENTE DE LEITE

 

Os dentes começam a aparecer geralmente a partir do seis meses de idade. Nesse período os pais devem levar os filhos ao dentista para receber orientações de como cuidar. A melhor maneira é a prevenção, atuar antes de aparecer problemas, escovar os dentes e usar o fio dental em cada refeição e principalmente manter uma dieta controlada de açúcar, o maior vilão dos dentes.

O dentista fala ainda que é importante procurar um profissional mesmo que não haja nenhum sintoma de dor ou sensibilidade. "É muito importante a visita ao dentista de seis em seis meses. Há pessoas que precisam diminuir esse período, mas todos devem cuidar da saúde bucal", ressalta Ivan. "Temos serviço de saúde pública que possibilita a todos orientações, prevenções e o mais importante, o tratamento necessário para cada um".

 

PREVENÇÃO É A PALAVRA

 

Criado pelo Ministério da Saúde, o dia nacional da saúde bucal (25 de outubro) tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de uma boa higiene bucal, essencial para prevenção de doenças bucais. A cárie, a doença periodontal, o câncer na boca, entre outras, são algumas das doenças que podem afetar a cavidade oral.

 

PROBLEMAS MAIS COMUNS

 

- Cárie: desintegração do dente provocada pela higiene inadequada, ingestão de doces e carboidratos ou, ainda, por complicações de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. (Ex.: pessoas em tratamento quimioterápico ou radioterápico para o câncer).

- Lesões bucais e aftas: inchaços, manchas ou feridas na boca, língua ou lábios; podem ser provocadas por herpes labial, candidíase (sapinho) e próteses (dentaduras) mal ajustadas.

- Mau hálito: tem várias causas, dentre elas: higiene bucal inadequada (falta de escovação adequada e falta do uso do fio dental); gengivite; ingestão de certos alimentos como, alho ou cebola; tabaco e produtos alcoólicos; boca seca (causada por certos medicamentos, por distúrbios e por menor produção de saliva durante o sono); doenças sistêmicas como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins. A língua possui diversas papilas gustativas entre as quais se formam criptas, ou seja, saquinhos que retêm resíduos de alimentos, células descamadas que começam a fermentar, formando uma placa bacteriana esbranquiçada que aparece no fundo da língua, em direção à ponta, a chamada saburra lingual; essa é, sem dúvida, a principal causa do mau hálito.

- Gengivite: inflamação da gengiva provocada pela placa bacteriana.

- Placa bacteriana: é o conjunto de bactérias que coloniza a cavidade bucal. A placa bacteriana fixa-se principalmente nas regiões de difícil limpeza, como a região entre a gengiva e os dentes ou a superfície dos dentes de trás, provocando cáries e formação de tártaro.

- Tártaro: é o endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.

 

PREVENÇÃO

 

- eliminação da placa bacteriana por meio de escovação adequada e do uso do fio dental;

- limpeza da língua, utilizando um raspador, a fim de retirar a saburra lingual;

- uso racional do açúcar evitando o consumo excessivo de doces;

- utilização adequada do flúor, com cremes dentais fluorados;

- evitar o uso de próteses mal ajustadas;

- evitar o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas;

- ir ao dentista regularmente.

 

Se você tem mais de 40 anos de idade é ou foi consumidor frequente de tabaco e bebidas alcoólicas e encontrar alguma lesão procure um profissional de saúde para fazer um exame preventivo para o câncer de boca. O exame é visual, rápido e indolor. Quando o câncer é diagnosticado logo que surge ele pode ser curado com mais facilidade.