Barracred fica em primeiro lugar no prêmio Concred 2018

Parcerias Comerciais da cooperativa movimentaram R$ 107,7 milhões entre 2010 e 2017; classe D aparece como a maior beneficiada

Por Sandro Alponte 06/12/2018 - 08:03 hs
Foto: Arquivo Pessoal
Barracred fica em primeiro lugar no prêmio Concred 2018
Aguinaldo Garcia recebe o troféu das mãos de Márcio de Freitas, presidente da OCB no Brasil

A Barracred trouxe para Barra Bonita o troféu de primeiro lugar na categoria Economia Funcional do prêmio Concred Verde 2018. Organizado pela Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras), com sede em Brasília (DF), o evento de premiação ocorreu durante o 12º Concred – Congresso Brasileiro do Cooperativismo de Crédito, realizado de 21 a 23 de novembro, em Florianópolis, onde o gerente da Barracred, Aguinaldo José Garcia, esteve presente representando a cooperativa.

Para participar da premiação, a Barracred apresentou o projeto Parcerias Comercias, demonstrando que entre 2010 e 2017 o sistema de parcerias entre lojas físicas locais e grandes lojas online movimentou R$ 107,7 milhões, sendo que R$ 98 milhões desse total foi negociado com comércios locais. Os R$ 9,7 milhões restantes foram divididos entre negócios firmados com grandes lojas online de abrangência nacional. e com a Village, grande fabricante de ovos de chocolates.

“Esses números mostram que nossa parceria comercial com as lojas físicas na cidade de cada cooperado é muito bem-vinda. 91% de todo o dinheiro movimentado nos últimos oito anos com as parcerias foram para negócios locais”, diz Aguinaldo Garcia. “Ou seja, o dinheiro do cooperado ficou no comércio de sua cidade. É uma forma de fomentar a economia da comunidade onde a Barracred está inserida.”

Atualmente, a Barracred possui mais de 24 mil cooperados, todos empregados de empresas ligadas ao Grupo Cosan. Mesmo sendo uma cooperativa de “Capital e Empréstimo” a Barracred possui atendimento em 25 cidades, mas o projeto Parcerias Comerciais se estende a municípios da microrregião de cada cidade, chegando assim a 66 cidades em seis Estados diferentes.

A parceria comercial pode ser firmada com lojas físicas, digitais ou até mesmo com prestadores de serviços de qualquer área. “Quando o consumidor é um cooperado Barracred, o preço da mercadoria ou do serviço tem de 10% a 30% de desconto”, explica Aguinaldo. “Isso é possível porque a própria cooperativa paga pelo produto, à vista e em até um dia útil após a compra, sem as taxas cobradas pelos cartões de crédito.” Em seguida, o cooperado financia o valor da compra na cooperativa em quantas parcelas achar melhor. “Há juros nesse parcelamento, mas como praticamos taxas muito menores que a dos bancos, o valor continua sendo mais em conta do que uma compra fora da parceria.”

Dessa forma, torna-se um sistema virtuoso para cooperados, que pagarão menos pelo produto desejado, e para lojistas, que receberão o valor total do produto logo após a compra, sem taxas e sem o prazo das operadoras de cartão.

A tecnologia empregada no projeto premiado é um dos grandes diferenciais da cooperativa. É por meio de uma plataforma online que todas as vendas da parceria são feitas. Os cooperados utilizam um aplicativo de smartphone para realizar as operações de compra e financiamento.

 

Inclusão social

 

O projeto Parcerias Comerciais também demonstrou ser um poderoso instrumento de inclusão social. Dos R$ 107,7 milhões em produtos e serviços negociados entre 2010 e 2017, 66,8% de todas as compras foram realizadas por cooperados pertencentes à classe social D. Segundo o IBGE, fazem parte da classe D no Brasil trabalhadores com renda entre um e três salários mínimos.

“Essa classe social geralmente está à margem do sistema financeiro. Possuem poder de compra muito baixo e um limite igualmente pequeno no cartão de crédito oferecido pelos bancos, impedindo que façam negociações mais complexas. Como a Barracred se baseia no quanto o cooperado tem poupado em sua Conta Capital (uma espécie de poupança da cooperativa) e as parcerias comerciais preveem descontos de pelo menos 10%, o acesso a produtos e serviços desses trabalhadores é facilitado e ampliado”, diz Aguinaldo Garcia. “E é geralmente a classe menos favorecida que necessita de assistência justa na hora do consumo. Se as condições forem criadas, eles consomem, movimentam a economia da cidade e melhoram de vida. Somente os pertencentes à classe D respondem por uma movimentação econômica de R$ 71,6 milhões nos oito anos de nossa demonstração ao “Prêmio Concred Verde”, uma participação muito maior que qualquer outra classe social.”

 

Bom para todo mundo

 

As Parcerias Comerciais da Barracred existem desde sua fundação em 1996. Naquele ano, uma das maiores necessidades dos cooperados – todos empregados da Usina da Barra, quando o corte de cana ainda era manual – era gás de cozinha. Por meio de uma parceria com os distribuidores de gás, o trabalhador podia comprar seu botijão quando precisasse, mesmo que não tivesse o dinheiro em mãos. A Barracred quitava a dívida e depois o cooperado repassava o valor à cooperativa da forma que fosse menos prejudicial às suas finanças.

De lá para cá, o projeto cresceu muito e ficou mais complexo. Atualmente, as parcerias dão acesso facilitado a gás de cozinha, despesas com supermercado, vestuário, combustíveis, materiais de construção, móveis, eletrônicos, procedimentos estéticos e de saúde (incluindo cirurgias), contratação de serviços especializados (como consultoria jurídica), capacitação profissional, entre diversos outros exemplos.

Dessa forma, o projeto Parcerias Comerciais pode envolver quase todos os ramos de negócios das 66 cidades em que está implantado, sempre garantindo bons negócios aos cooperados Barracred – que pagarão menos pela aquisição – e aos lojistas, que sempre terão aquela venda paga à vista em até 24 horas. “O cooperado consegue o que quer, seja um objeto de seu desejo ou até uma cirurgia emergencial que pode salvar sua vida, e o comerciante tem a certeza de ser atendido prontamente, com muito mais velocidade do que, por exemplo, as operadoras de cartão”, diz o gerente da Barracred.

Foi a primeira vez que a cooperativa inscreveu um projeto para a concorrer ao Prêmio Concred Verde. “Sabíamos que nosso projeto era bom, pois acompanhamos diariamente como ele é capaz de transformar a vida de nossos cooperados. Ter ficado em primeiro lugar logo em nossa primeira participação só ressalta como a Barracred está no caminho certo, crescendo como instituição sem deixar de impactar positivamente a comunidade em que está inserida, o que é um dos pilares do cooperativismo”, diz Aguinaldo.


Texto de Lucas Scalizza