Empresa de coleta do lixo questiona matéria publicada pelo S2

Itinerário de coleta seria motivo do serviço ser prejudicado; quatro caminhões atendem a população

Por Sandro Alponte 14/05/2019 - 16:46 hs
Foto: Sandro Alponte
Empresa de coleta do lixo questiona matéria publicada pelo S2
Lixo acumulado ontem (segunda-feira) no bairro Cecap e adjascências

A empresa LCP Serviços Ambientais, da cidade de Botucatu, que tem três caminhões que prestam serviço na coleta do lixo de Barra Bonita, entrou em contato com nossa redação na manhã desta terça-feira para questionar matéria veiculada ontem (segunda-feira, 13) por este portal, reportagem a qual criticava a coleta na cidade.

Segundo a assessoria da empresa, existem pontos contestáveis na reportagem. Um deles é quanto ao número de veículos disponíveis para o serviço. “A empresa possui dois contratos de oferta de caminhões junto ao município. O primeiro exige um caminhão e o segundo dois. Em ambos a empresa coloca veículos com anos superiores ao descrito no contrato”, escreveu.

Também foi dito que os dias em que os veículos não conseguem realizar o serviço por problemas mecânicos são raros e não corriqueiros. “Há um veículo da prefeitura que realiza uma das quatro linhas de coleta e este apresenta muito mais problemas do que os ofertados pela empresa”.

Outro fato também contestado pela empresa é que a LCP não foi notificada diversas vezes, e sim apenas uma.

De acordo com Luiz Cláudio Pereira, proprietário da empresa e que assina o direito de resposta, o atual itinerário de coleta prejudica a regularidade nos horários. “Ao utilizar os quatro veículos de maneira simultânea (três da empresa e um da prefeitura) o município fica sem nenhum veículo reserva”, disse. “Há um estudo de mudança de itinerário feito de maneira conjunta pela empresa contratada e a Secretaria de Meio Ambiente”.