Homem é preso por torturar companheira com choques elétricos em Santa Cruz do Rio Pardo

Suspeito de 32 anos foi surpreendido pela PM em propriedade praticando a tortura e com a companheira pedindo socorro

Por Camila Ramos 08/08/2019 - 09:49 hs
Foto: Polícia Militar/Divulgação
Homem é preso por torturar companheira com choques elétricos em Santa Cruz do Rio Pardo
Homem é preso por prender e torturar mulher com choques elétricos em chácara em Santa Cruz do Rio Pa

Um homem de 32 anos foi preso ao ser flagrado torturando a companheira com choques elétricos em uma chácara de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), nesta quarta-feira (7). Segundo a Polícia Militar, a corporação chegou até à chácara, no bairro Vila Oitenta, depois de uma denuncia anônima.


No local, os policiais encontraram a vítima com um fio enrolado no pescoço e pedindo socorro. Conforme a corporação, ela estava sendo submetida a sessões de choques elétricos.

Ao ser surpreendido, o homem ainda tentou fugir, mas foi capturado. O Canil da PM foi acionado e também encontrou droga escondida atrás da cama do casal.

A mulher, que não teve a idade revelada, foi socorrida e levada até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade, onde ficou internada.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi indiciado por tentativa de feminicídio, tortura, cárcere privado e tráfico de drogas. Ele foi levado para a delegacia de Santa Cruz do Rio Pardo. A audiência de custódia deve ser realizada nesta quinta-feira (8).

Lei Maria da Penha

Nesta quarta-feira (7), a Lei Maria da Penha, que trata da violência contra a mulher, completa 13 anos. Os dados mostram que, mais de uma década depois, a norma permanece necessária.

Os casos de feminicídio aumentaram 44% no 1º semestre de 2019 no estado de São Paulo se comparados ao mesmo período do ano anterior, de acordo com levantamento feito pelo G1 e pela GloboNews. Nos primeiros seis meses deste ano, 82 mulheres foram vítimas de feminicídio. Em 2018, foram 57 casos.