Simulador não será mais obrigatório para a obtenção da CNH

Medida visa uma redução de até 15% no valor cobrado nos centros de formação de condutores

Por Camila Ramos 09/09/2019 - 14:35 hs
Foto: Imagem ilustrativa/Google
Simulador não será mais obrigatório para a obtenção da CNH
Medida entra em vigor a partir do dia 17 de setembro

A partir de 17 de setembro o Contran – Conselho Nacional de Trânsito torna facultativo o uso do simulador de direção veicular no processo de formação de condutores. A Resolução 778 do Contran foi publicada em 17 de julho no Diário Oficial da União e as empresas tiveram um prazo de 90 dias para se adaptar a nova regra.

Além dessa mudança, os candidatos a condutores deverão realizar no mínimo 20 horas/aula para as categorias B (motos e triciclos) e 15 horas/aula para a categoria A. Em ambos os casos, será necessário a realização de pelo menos 1h /aula no período noturno. Atualmente, os condutores precisam fazer pelo menos 25 horas/aula.

De acordo com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, a medida visa reduzir a burocracia na retirada da habilitação. Ele ainda disse que a decisão vai estimar uma redução de até 15% no valor cobrado nos centros de formação de condutores.

Caso o candidato a condutor opte pelo uso do simulador, das 20h/aulas necessárias para a categoria B, 15h/aulas serão em veículos da autoescola e as restantes no equipamento.