Usinas produzem álcool 70% para doar

Os municípios de Lençóis Paulista, Macatuba, Areiópolis, Borebi, Agudos, Pederneiras, Bauru e Lins receberão o produto

Por Camila Ramos 27/03/2020 - 10:21 hs
Foto: Divulgação
Usinas produzem álcool 70% para doar
A Zilor Energia e Alimentos é uma multinacional do setor sucroenergético

Algumas usinas da região mudaram suas rotinas para ajudar a combater a pandemia do novo coronavírus. A produção do álcool 70% será para doar às prefeituras e hospitais que atendem pacientes com suspeita da doença. Além da lavagem das mãos com água e sabão, o produto é recomendado por órgãos de saúde para a higienização e evitar a contaminação do vírus.

A Zilor Energia e Alimentos, multinacional do setor sucroenergético, localizada em Lençóis Paulista, anunciou que iniciou a produção do álcool 70% esta semana e a expectativa é que a produção atinja de 800 a 1 mil litros por dia. Os produtos serão doados primeiramente, às Secretarias de Saúde de Lençóis Paulista, Macatuba, Areiópolis, Borebi, Agudos, Pederneiras e Bauru. A previsão é de que a doação alcance 4 mil litros nesta primeira etapa e atenda unidades de saúde, prontos-socorros, hospitais e asilos.

Segundo a empresa, o volume de álcool 70% foi produzido especificamente para essa finalidade, já que a Zilor é associada à Copersucar, cooperativa global responsável por toda comercialização do etanol e açúcar produzidos pela companhia, e não fabrica esse tipo de produto em escala como atividade em sua operação.

               

MAIS DOAÇÕES

A Usina Lins irá doar álcool líquido 70% para as Santas Casas de Lins e Cafelândia, o Asilo São Vicente de Paula, unidades básicas de saúde (UBSs) de Lins e Pongaí, Hospital Clemente Ferreira e Polícia Científica de Lins. Além disso, serão doados 5 mil litros de álcool líquido 70% para a Prefeitura de Lins, que irá distribuir o produto para famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

A Usina Iacanga (Ipiranga Agroindustrial) doou 200 litros de álcool 92,8% para a Prefeitura de Iacanga. Com apoio de uma drogaria, o produto se transformou em 260 litros de álcool 70%, que serão utilizados nas unidades municipais de saúde e na Santa Casa da cidade.

 

Informações: Jcnet