Polícia Civil de Bauru investiga organizadores de carreata

Inquérito vai investigar se houve crime contra a saúde pública em carreata realizada em Bauru

Por Camila Ramos 01/04/2020 - 09:19 hs
Foto: TV TEM/Reprodução
Polícia Civil de Bauru investiga organizadores de carreata
A pena para esse crime é de detenção de um mês a um ano e multa.

A Polícia Civil de Bauru abriu inquérito para investigar os organizadores da carreata realizada na semana passada (26) na cidade de Bauru. O protesto foi realizado após um pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido político) pedindo a reabertura do comércio por problemas econômicos. O inquérito se refere a um possível crime contra a Saúde Pública

A Polícia investiga se os organizadores cometeram o crime de infração de medida sanitária preventiva que impede a propagação de doença contagiosa previsto no artigo 268 do Código Penal. A pena para esse crime é de detenção de um mês a um ano e multa.

A manifestação foi organizada por comerciantes e empresários da cidade em uma carreata que percorreu as principais ruas e avenidas da cidade, até chegar à Prefeitura Municipal, onde a maioria se concentrou para continuar com o protesto. O crime que a PC investiga também se refere à aglomeração de pessoas que facilita a transmissão do vírus.

De acordo com a TV Tem, quatro pessoas estão sendo investigadas por descumprir o decreto estadual que determinou quarentena em todo o Estado de São Paulo.