Coronavírus: unidades regionais do Instituto Adolfo Lutz estarão habilitadas para processar amostras

Institutos de Sorocaba, Bauru e Rio Preto vão processar amostras de exames para testar coronavírus e poderão ter capacidade de 500 exames por dia

Por Camila Ramos 02/04/2020 - 10:18 hs
Foto: Imagem Ilustrativa/Google
Coronavírus: unidades regionais do Instituto Adolfo Lutz estarão habilitadas para processar amostras
Os institutos poderão ter capacidade de 500 exames por dia em um primeiro momento

As unidades regionais do Instituto Adolfo Lutz que ficam em Sorocaba, Bauru e Rio Preto, além de Santo André e Ribeirão Preto, estarão habilitadas a processar amostras de exames para testar coronavírus, segundo informou o governador João Doria nesta quarta-feira (1º).

De acordo com o governo estadual, a ideia é aumentar a rede de testes para coronavírus. Com isso, os institutos poderão ter capacidade de 500 exames por dia em um primeiro momento, podendo chegar a até mil.

“Vamos reforçar a rede de exames e garantir, dessa forma, um monitoramento efetivo sobre a circulação do coronavírus em nosso Estado. Assim, poderemos adotar as medidas necessárias para proteger nossa população”, diz o governador João Doria.

Nesta semana, ainda conforme o governador, chegam ainda 20 mil kits de testes importados e 10 mil enviados pela Fiocruz, que serão distribuídos entre o Instituto Adolfo Lutz e outros laboratórios credenciados.


Informações: G1 Bauru/Marília