Lençóis Paulista confirma mais dois casos de Covid-19

Saúde do município divulgou que cidade já registra transmissão comunitária

Por Camila Ramos 07/04/2020 - 09:26 hs
Foto: Imagem Ilustrativa/Google
Lençóis Paulista confirma mais dois casos de Covid-19
Pacientes confirmados não saíram da cidade e nem tiveram contato com pacient confirmados com o vírus

Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (6) o prefeito de Lençóis Paulista, Anderson Prado, anunciou a confirmação de mais dois casos de Covid-19 no município. A cidade registrou a primeira transmissão comunitária, ou seja, não há a possibilidade de rastrear o caminho da infecção em um dos pacientes.

No mesmo dia, a cidade também registrou um caso de transmissão local, no qual uma pessoa infectada transmitiu para seu cônjuge. A Saúde de Lençóis Paulista divulgou que até o momento o município tem 3 casos positivos, 17 casos aguardando resultado de exame (o que inclui um óbito suspeito) e 5 negativos.

”No diagnóstico tomográfico destes pacientes foi possível observar indícios da contaminação pelo Covid-19 e, por estes casos serem sérios, pedimos um exame laboratorial privado que tem o resultado previsto para esta sexta-feira. No entanto, como esse paciente, que tem uma chance grande de ser confirmado como Covid, não saiu de Lençóis Paulista, temos elementos suficientes que demonstram que existe transmissão comunitária em nossa cidade. E isso muda totalmente o entendimento existente até na sexta-feira, data da última coletiva”, explica o prefeito.

Durante a coletiva de imprensa, o prefeito também anunciou que o decreto do governo do Estado de São Paulo em estender por mais 15 dias a quarentena será adotada na cidade. Ele ainda ressalta a importância da população colaborar com as medidas preventivas de isolamento social, que é a melhor forma de conter a disseminação do coronavírus.

 

Transmissão comunitária em Botucatu

 

O secretário de Saúde de Botucatu, André Sparado, confirmou nesta segunda-feira mais oito casos de Covid-19 no município. Agora já são 16 casos confirmados, inclusive uma morte.

Ainda de acordo com o secretário, a maioria destes casos confirmados não tiveram contato com nenhum contaminado, ou viajaram para cidades em que o contágio é mais rápido. Ou seja, a cidade também registra transmissão comunitária, quando não há a possibilidade de rastrear o caminho da infecção.