Estoque de sangue baixo no Hemonúcleo de Jaú

A pandemia e a chegada do frio são fatores que podem influenciar na diminuição das doações de sangue e plaqueta

Por Camila Ramos 22/05/2020 - 15:17 hs
Foto: Imagem Ilustrativa/Google
Estoque de sangue baixo no Hemonúcleo de Jaú
mesmo com a antecipação do feriado estadual de 9 de julho, a unidade estará atendendo.

Durante a pandemia do novo coronavírus e a orientação para toda a população permanecer em casa, a rotina dos hospitais e hemonúcleos em todo o país mudou. A queda no estoque de sangue e plaquetas tornou-se frequente, que além de ter que adotar exigências de higienização do local devido ao Covid-19, precisa agora se atentar à época em que há uma diminuição no número de doações: o frio.

O coordenador do Hemonúcleo Regional de Jaú, Dr. Marcos Mauad, explica sobre a importância de a população realizar a doação de sangue. “A redução de doadores é significativa. Pacientes com doenças utilizam muito sangue, como pacientes com leucemia, transplantes, câncer e acidentes automobilísticos, que ainda continuam existindo. Por isso, precisamos manter os nossos estoques de sangue com quantidade e qualidade para a nossa população”.

Ele também comenta que em toda a história do Hemonúcleo Regional de Jaú, 20 anos de existência, nunca houve a falta de sangue “graças ao ato solidário da nossa região”. Algumas ações estão sendo tomadas devido à pandemia do novo coronavírus, como entrada isolada para o doador de sangue no Hemonúcleo, obrigatoriedade de utilização de máscaras, disponibilidade de álcool em gel na entrada e distanciamento dos doadores na sala de espera.

Além disso, o Hemonúcleo está atendendo somente por agendamento de horário através dos telefones (14) 3602-1355 ou (14) 3602-1356. Os atendimentos funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h e aos sábados, das 7h30 às 12. Na segunda-feira (25), mesmo com a antecipação do feriado estadual de 9 de julho, a unidade estará aberta.