Vereadores pedem explicações sobre ‘ponto a ponto’ ou tarifa diferenciada em rodovia

Uma das justificativas é a situação de crise financeira da população que trabalha, estuda e faz tratamento médico na cidade vizinha

Por Camila Ramos 24/06/2020 - 14:21 hs
Foto: S2 Notícias
Vereadores pedem explicações sobre ‘ponto a ponto’ ou tarifa diferenciada em rodovia
Requerimento foi apresentado pelos vereadores Niles e Marquinhos Gava

A Câmara dos Vereadores de Barra Bonita enviou mais um requerimento a ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo e à empresa Arteris Via Paulista questionando sobre a viabilidade da implantação do sistema ponto a ponto ou tarifa diferenciada no pedágio do trecho Barra - Jaú. O requerimento é um pedido dos vereadores Niles Zambelo Junior e Antonio Marcos Gava Junior.

O requerimento considera a Moção de Apelo (PMC 35/2019) apresentada na Casa no início de fevereiro de 2019, que na ocasião, solicitou estudos para implementação do sistema ponto a ponto ou tarifa diferenciada no trecho. Um dos questionamentos, diz respeito aos resultados que a ARTESP e Arteris chegaram para viabilizar um dos benefícios para os moradores das três cidades – Barra Bonita, Igaraçu do Tietê e Jaú, e o prazo para que o sistema tenha início.

Em entrevista para o Jornal das 11, o vereador Niles Zambelo Junior comentou sobre o assunto. “É uma forma de amenizar essa situação de crise para muitas pessoas que trabalham, estudam, ou que fazem tratamento de saúde em Jaú e quem tem esse gasto. Ou seja, salário reduzido e os gastos continuam os mesmos. Vamos esperar a resposta da Arteris para sabermos qual será a nossa próxima atitude. Mas eu acho que em breve teremos boas notícias em relação à cobrança reduzida”, comenta.

 

HISTÓRICO

Entre os meses de agosto e outubro de 2018, a Câmara de Barra Bonita realizou consulta pública sobre a SP-255, mais especificamente sobre o número de veículos que trafegam com frequência entre as duas cidades. O objetivo era saber o motivo, o veículo utilizado e o número de motoristas que vão até a cidade vizinha para pleitear junto às autoridades competentes a implantação do sistema Ponto a Ponto ou a chamada tarifa diferenciada.

Em reunião realizada no dia 13 de fevereiro de 2019 com os responsáveis pela Arteris e os vereadores Niles Zambelo Junior e Antonio Marcos Gava Junior, a empresa iria contratar uma empresa especializada para realizar estudos sobre o número de veículos que trafegam pelo trecho da pista entre Barra Bonita e Jaú. Esse estudo deveria ser apresentado em até 180 dias.

Em novembro do ano passado, os vereadores apresentaram em sessão da Câmara mais um requerimento pedindo informações para a Concessionária em relação à implementação do sistema ponto a ponto ou tarifa diferenciada no trecho.