Prefeitura e Santa Casa discutem nova variante do coronavírus

Reunião emergencial ocorreu neste domingo (14), um dia após o anúncio oficial da descoberta

Por Camila Ramos 15/02/2021 - 10:05 hs
Foto: Santa Casa de Jaú/ Divulgação
Prefeitura e Santa Casa discutem nova variante do coronavírus
As mudanças ainda vão ser discutidas entre a Secretaria de Saúde e o médico responsável pelo PS

 

A Direção da Santa Casa de Jaú reuniu-se na manhã deste domingo (14) com representantes da Prefeitura para falar sobre a nova variante do coronavírus, que foi identificada em amostras coletadas de três pacientes da cidade.

O encontro, realizado na sala de reuniões do hospital, contou com a presença de Ivan Cassaro (Prefeito de Jaú), Tuco Bauab (vice-prefeito), Rodrigo de Callis Brandão (secretário de Saúde), Scila Carretero (gerente administrativa da Santa Casa), e os médicos Silvio Alonso (Diretor Clínico), Carlos Moreira (Diretor Técnico) e Christiano De Luca Nassif (responsável pelo Pronto-Socorro).

A reunião foi marcada de forma emergencial após o prefeito Ivan Cassaro anunciar, no fim da tarde deste sábado (13), que amostras de pacientes de Jaú, enviadas ao Instituto Adolfo Lutz, eram compatíveis com a linhagem P1, variante detectada em Manaus (AM).

"Não era novidade para a Santa Casa que a variante estaria no munícipio, uma vez que o volume de pacientes internados com uma forma agressiva da doença estava muito grande desde janeiro. O Corpo Clínico e a direção do hospital perceberam que não estávamos tratando com a mesma doença, com o mesmo vírus do ano passado", declarou Carretero.

Um dos assuntos abordados na reunião deste domingo foi a falta de médicos e profissionais disponíveis para tratar o grande número de casos que chegam diariamente ao hospital. Hoje, 130 pacientes com a doença estão internados nos setores Covid (Enfermaria e UTI).

Hospital e Prefeitura também traçaram novas definições para o fluxo de atendimento no Pronto-Socorro (PS) de pacientes com outras patologias. O objetivo, segundo a Santa Casa, é evitar que pessoas com suspeita ou confirmação de Covid estejam no mesmo ambiente que pacientes sem a doença.

De acordo com a gerente, essas mudanças ainda vão ser discutidas entre a Secretaria de Saúde e o médico responsável pelo PS nos próximos dias.

 

Info: JCnet