Bebê com menos de 1 ano com Covid espera por leito em Agudos

Ele faz parte de uma fila que, na noite desta terça-feira, contava com outras nove pessoas, duas no aguardo de UTI

Por Camila Ramos 17/03/2021 - 12:03 hs
Foto: Prefeitura de Agudos
Bebê com menos de 1 ano com Covid espera por leito em Agudos
Na noite desta terça, dez pacientes aguardavam por leito na UPA

A fila de espera de pacientes com Covid-19 por leitos de internação já é realidade nos serviços de saúde da região. Na noite desta terça-feira (16), em Agudos, dez pessoas aguardavam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) por vaga no sistema público hospitalar. Entre os pacientes, estava um bebê com menos de 1 ano de idade. Ontem, a cidade registrou três mortes pela doença.

De acordo com a Prefeitura de Agudos, o número de pacientes da cidade com Covid-19 que precisam de transferência dobrou em poucas horas. À tarde, eram cinco pessoas. À noite, esse número chegou a dez. Deste total, dois aguardavam leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). "A criança não é caso de UTI", disse o município em nota.

No fim da noite, o prefeito Fernando Octaviani (MDB) postou vídeo em sua página no Facebook pedindo apoio da população. "Os hospitais públicos estão lotados. O Hospital Estadual está com 110% de ocupação. E, agora, também os hospitais particulares estão lotados. Não há mais vagas", declarou. Ele anunciou que, nos próximos dias, irá abrir oito leitos de enfermaria para Covid no antigo Pronto-Socorro.

"Por conta da sobrecarga no sistema de saúde, a Prefeitura de Agudos orienta que os cidadãos só procurem atendimento na UPA em casos de extrema necessidade e urgência, uma vez que a circulação de pacientes no local pode aumentar o contágio", diz. Para os demais casos, as referências são as unidades básicas de saúde. Já pacientes com sintomas gripais devem procurar o Centro Covid-19, de segunda a sexta, das 7h às 18h, no prédio anexo ao Hospital de Agudos.


Informações: Jcnet